.:. PRÓXIMOS EVENTOS .:.

Clica na data ou na imagem para saberes mais informação sobre o próximo evento mais perto de ti

.:.

18/01/2019

no Haniki (Penafiel)

 

.:.

 

Desde tempos imemoráveis que a nossa espécie usufrui do Fogo de forma intencional para cozinhar, iluminar, se aquecer e proteger. Isso proporcionou uma mudança radical na vida da espécie começando a criar condições para uma maior atividade durante as horas de escuridão e uma vida diferente em várias regiões da Terra.

Quase tão antigo como a Consciência da nossa espécie, o Xamanismo surge como uma prática terapêutica e espiritual ancestral baseada em rituais. Desde então, foram sendo desenvolvidas diferentes Correntes Filosóficas que deram origem a várias escolas Religiosas, Médicas e de Magia e Feitiçaria.

 

Fénix” – Foto retirada no Firewalking Facilitator Traning Algarve 2011

 

O Elemento Fogo é, segundo antigas culturas tribais e tradicionais, o elemento responsável pela Transformação e Transmutação do velho. Assim, podemos destacar algumas das suas qualidades: Ação, Movimento, Força, Calor, Claridade, Sensualidade, Desejo e Brilho.

O FIREWALKING, ou o ato de Caminhar sobre as Brasas, surgiu de um estado de transe (estado alterado de consciência), muito provavelmente de um ritual, há bastantes milhares de anos atrás.

O registo escrito mais antigo que ouvi falar data de mais de 4.000 anos atrás e relata a experiência de caminhar nas brasas na Índia. Sei que foi praticado por outras culturas antigas nas ilhas do Pacífico, Tibete, China, América do Norte, na cultura Celta e em Roma durante uma parte do apogeu do Império Romano.

.:.

Como usar o Firewalking para construir um mundo diferente?

 

O trabalho que tenho vindo a desenvolver com o Fogo não está relacionado com motivar pessoas. Essa motivação pode surgir em alguns participantes como resultado de uma Transformação Interna ou por insights transformadores que obtiveram antes, durante ou após a experiência.

O facto de estarmos no escuro e em contacto com algo tão ancestral como o Fogo torna-se numa experiência solitária e profunda. Aproveitando a paixão pelo o fogo de uns e a necessidade de Transformação Pessoal e Espiritual de outros, exploramos um intenso e honesto momento em grupo mas a sós connosco próprios.

Cada pessoa que chega até este trabalho vem de percursos de vida bastante diferentes entre si e, sendo o contacto com o fogo maioritariamente em silêncio, a experiência torna-se rica em diferentes sabores, aprendizagens e sentimentos.

É um momento intenso onde temos a oportunidade de enfrentar e transformar os nossos medos, padrões, bloqueios, traumas e crenças limitantes e para iniciarmos algo novo na nossa vida seja uma nova fase ou um novo projeto. Enfrentar o que nos prende, bloqueia ou limita é o primeiro passo para aprendermos a lidar com essa sensação e para a ultrapassar ou eliminar.

Com este trabalho pretendo tocar no coração de cada participante e tornar claro o sentido de responsabilidade que cada ser humano carrega consigo para a mudança dos paradigmas atuais da sociedade e, essencialmente, dos SEUS, reforçando a ideia de que não é o mundo que necessita de mudar mas sim cada um de nós, individual e colectivamente.

.:.

Intenção

Qualquer Transformação (dentro ou fora de nós) implica uma atitude: largar o velho e abraçar o novo! Por vezes necessitamos de uma Intenção para encontrar sinais, uma direção, mais uma peça do puzzle ou uma simples luz a iluminar o caminho.

O Firewalking é uma das melhores formas de criar tensão (em tensão > intenção) que conheci até hoje.

Qual a intenção dos participantes?

São vários os porquês, as curiosidades e fantasias que passam na mente dos participantes. O querer superar-se, explorar algo que se acha impossível, encontrar uma direção na vida, buscar a solução para um problema ou uma Transformação Interior são as intenções gerais do que tenho observado.

 

Vídeo de Apresentação do Firewalking e alguns testemunhos de 2013

.:.

Duração da experiência e dos efeitos

A duração mínima é de 3h30.

A conversa que antecede o Fogo, o caminhar sobre brasas e o convício após a vivência são momentos de grande intensidade e onde as pessoas tiram a maior parte do proveito deste trabalho. Contudo, é comum continuar a receber direções, insights, ideias e soluções durante essa noite e até várias semanas após vivido o processo!

O que trazer?

 

  • Roupa confortável e que não toque no chão (caso esteja a chover, aconselha-se a trazer roupa extra para podermos permanecer confortáveis);
  • 2 pares de meias;
  • 1 casaco (a noite pode ser fria).

.:.